• Realizada dia
    18/04/2018
    às 13:24:14
    EMPRESA SEM SENSIBILIDADE COM A SITUAÇÃO FINANCEIRA DO CLIENTE
    Por Ana -
    No ano de 2013, contrai uma dívida razoavelmente alta no cartão de crédito, fui pagando o mínimo, sem poder pagar, até que chegou em uma situação insustentável. Recebia milhões de ligações da CETELEM por dia (celular e fixo), até que resolvi fazer um acordo para pagar a dívida interessante, qual seja, 24 parcelas de aproximadamente R$ 520,00 todo dia 25 de cada mês. Se eu pagasse em dia, ganharia as 02 últimas parcelas, pagando apenas 22 parcelas. Acontece que, por duas vezes, deixei de adimplir o acordo em dia, pagando em datas seguintes, obviamente, com juros. Nas duas vezes, entrei em contato com a CELETEM e informei que não gostaria de perder as condições do acordo, pois, apesar de não ter pago em dia, não tinha pago porque não queria e sim porque estava e estou passando graves problemas financeiros, não tenho renda fixa, vivendo com pouco dinheiro mensalmente, tendo que escolher se sobrevivo ou se pago a dívida do acordo do cartão. Tenho optado a quase 22 meses, pagar a dívida do cartão, juntando o pouco que tenho, tirando de coisas básicas para conseguir. Tenho sofrido demais. Não teve jeito, a CETELEM me informou que eu descumpri o acordo e que não tem como eu conseguir as mesmas condições de ganhar as 2 últimas parcelas. Enviei uma carta para a empresa em sinal de desespero, informando toda a minha situação, todos os motivos que me levaram não adimplir no dia 25, mas a CETELEM está irredutível. Entendo que a empresa não tem obrigação nenhuma perante o cliente, mas ter um pouco de sensibilidade, saber que a maioria é pai/mãe de família, que passa dificuldade, chora a noite no travesseiro por não ter mais condições financeiras, não é pecado para ninguem. Na data de ontem, recebi uma carta genérica da CETELEM em resposta a minha carta, uma carta genérica, sem pé e nem cabeça, não falando nada a respeito do que eu havia falado na minha carta. Desse modo, muito nervosa, quase chorando, liguei para a CETELEM e informei tudo novamente, o atendente foi muito cordial em me deixar falar com uma supervisora de nome Neiva, mas esta, igualmente a empresa, se manteve irredutível, sem querer me ajudar. Implorei, disse que teria que parar de pagar o acordo na parcela 22, a qual me programei com tanto cuidado para conseguir pagar, mas esta falou que não valia a pena parar de pagar, pois já estava quase no final do acordo, de 24 parcelas. A questão é que não tenho mais dinheiro, já recorri a todos os meios necessários para tentar uma ajuda da empresa, um entendimento, mas nada está dando certo. Estou muito magoada, muito, só faço chorar todos os dias. Eu só queria ter a oportunidade de ter o acordo novamente, pagar apenas as 22 parcelas, a qual seria a última agora em abril de 2018. Nunca deixei de pagar!!!!!!! CETELEM, SEJA MAIS HUMANA!



    Respostas


    Notificações
    @ - Envio de e-mail   18/04/2018 - 17:35:34
  • Banco Cetelem.
    RECLAMAR Dados da Empresa
    80 Reclamações
    4 Bloqueada(s) (Sejeito a Revisão)
    • 0%
      Pendentes
      5
    • 0%
      Respondidas
      54
    • 0%
      Resolvidas
      10
    • 0%
      Não Resolvidas
      11
» Termos de uso

» Política de Segurança

Nossas Redes Sociais
     
Todos os direitos reservados - RECLAMERIO Desenvolvido por SUED Design